Portugal iniciou hoje a preparação para o decisivo jogo de segunda-feira com o Irão, do Mundial2018 de futebol, limitado aos 12 não titulares no triunfo 1-0 sobre Marrocos, ‘supervisionados’ por Cristiano Ronaldo e Pepe.

O ‘capitão’ e o central, as maiores referências da seleção, não treinaram com os companheiros, porém estiveram sentados a acompanhar a sua evolução, como que avaliando o seu potencial para reforçar as opções de jogo de Portugal, que em termos exibicionais tem estado aquém do esperado.

O selecionador Fernando Santos reconheceu, hoje mesmo, que, numa escala de um a dez, atribui sete ao nível de satisfação com os resultados – 3-3 com Espanha e 1-0 sobre Marrocos – contudo apenas seis às exibições.

Nos 15 minutos abertos à comunicação social, Fernando Santos dividiu os 10 elementos de campo em duas equipas para uma ‘peladinha’ sem balizas ou objetivo de golo.

De amarelo estiveram Mário Rui, Bruno Alves, André Silva, Ruben Dias e Ricardo, enquanto de verde alinharam Quaresma, Adrien, Manuel Fernandes, Gelson e Bruno Fernandes.

Beto e Anthony Lopes preparam-se à parte, como habitual, com Fernando Justino.

Cristiano Ronaldo abandonaria antes do final do período acessível aos jornalistas – Gonçalo Guedes também apareceu -, presumivelmente para trabalho de ginásio, banhos e massagens, caso a receita seja igual à ministrada após o jogo com a Espanha.

Portugal e Espanha partilham a liderança do grupo B com quatro pontos, seguidos do Irão com três, enquanto Marrocos ainda não pontuou.

A seleção portuguesa e o Irão defrontam-se na segunda-feira em Saransk, às 21:00 (19:00) em Portugal.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.