Não só os adeptos italianos e de todo o mundo estão tristes e desiludidos por uma lenda como Gianluigi Buffon falhar o Campeonato do Mundo. Muitas foram as mensagens solidárias para o jogador, que fez a sua despedida da seleção italiana, no jogo com a Suécia, onde foi confirmado o afastamento da Itália do Mundial da Rússia.

Segundo avança o jornal O Jogo, agora foi Ivan Rakitic, médio do Barcelona, a mostrar todo o seu descontentamento pela ausência do guardião transalpino, e decidiu homenager Buffon e dizer que até lhe oferecia o lugar no torneio.

Na antevisão do encontro entre o Barcelona e a Juventus, o médio da Croácia refere que não há muito que se possa dizer sobre futebol a Buffon.

"Se tiver que explicar algo sobre futebol a Buffon, estamos numa situação complicada. Não há muito que lhe possa dizer, mas, se pudesse, dava-lhe o meu lugar. (...) Na entrevista dele depois do jogo, apetecia-me chorar, também. Não há palavras para descrever este tipo de situações. É triste que um jogador como ele não se possa despedir como deseja", referiu Rakitic.

E o próprio Buffon sentiu-se tão emocionado com esta intenção de Rakitic que utilizou o Twitter para responder ao médio croata.

"Amigo Rakitic, como guarda-redes talvez possa jogar, mas como médio na Croácia não será uma boa ideia: estou a dizer isto para teu bem. Piadas à parte, as tuas palavras foram reconfortantes. Obrigado a ti e ao Jordi Alba. A minha camisola espera-vos", afirmou o guardião.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.