O avançado espanhol Rodrigo lembrou esta segunda-feira em conferência de imprensa que Portugal não é apenas Cristiano Ronaldo, apesar de reconhecer que o português é um jogador que faz a diferença

"Desejo sorte a Gonçalo Guedes apenas depois da primeira partida. Cristiano Ronaldo é dos melhores na história do futebol, mas Portugal demonstrou no último Europeu que é mais do que um jogador. Apenas um jogador não faz nada. Portugal está muito unido e estamos a falar de um desporto coletivo. Eles são um rival a bater e será preciso estar concentrado para ganhar o jogo", afirmou Rodrigo.

O avançado espanhol analisou o adversário do jogo da próxima sexta-feira e realçou a importância de entrar com o pé direito na competição.

"Portugal sente-se confortável no contra-ataque. Tem jogadores muito rápidos e sabem disso. Contra nós é difícil tirarem-nos a posse de bola, mas isso também complica as coisas para nós porque o adversário fecha-se muito atrás. Mas Portugal não deverá fazer isso, tem qualidade e vai tentar ter a bola e disputar o jogo", começou por dizer.

"É uma partida muito importante, por ser frente a um rival e por ser o primeiro jogo. É sempre melhor vencer o primeiro jogo, mas não é definitivo. Temos a experiência de 2010, que começamos a perder com uma equipa que não era tão forte (Suíça)", acrescentou.

O antigo jogador do Benfica colocou ainda Portugal entre os favoritos a vencer o Campeonato do Mundo.

"Portugal é o atual campeão da Europa, podemos colocá-los entre os favoritos para fazer algo importante. No entanto, isto é um Mundial e é futebol, por isso o que importa é o que acontece dentro dos relvados e não o que projetámos antes", finalizou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.