O avançado do Uruguai Luis Suárez disse hoje que o francês Antoine Griezmann, adversário nos quartos de final do Mundial2018 de futebol, “não sabe o que é o sentimento uruguaio”.

O futebolista do FC Barcelona respondia a uma questão em relação ao facto de Griezmann, colega de equipa do uruguaio Godín no Atlético de Madrid, considerar-se ‘meio uruguaio’, por gostar de beber mate e por ser um admirador da ‘cultura charrua’.

“Antoine, por mais que diga que é meio uruguaio, é francês e não sabe o que é o sentimento uruguaio. Não sabe a entrega que temos para triunfar, com tão pouca gente que temos. Terá os seus costumes, e a sua forma de falar ‘uruguaio’, mas nós sentimos de outra forma”, disse Suárez, em conferência de imprensa.

Sobre a possível ausência de Edinson Cavani, autor dos dois golos que eliminaram Portugal nos ‘oitavos’, do jogo com a França, o avançado diz ser “um de três milhões de uruguaios” à espera de saber se o companheiro está apto.

“O que ele significa, para o meu jogo e para o da equipa, é essencial, pela classe de jogador que é, e pelo que demonstrou em todos os jogos na seleção”, acrescentou.

Com ou sem Cavani, o Uruguai “depende do nível coletivo”, mesmo perante Kylian Mbappé, o jovem francês que tem ‘brilhado’, mas que vai defrontar “uma boa defesa à procura de o controlar”.

Uruguai e França defrontam-se no sábado, pelas 15:00 (horas de Lisboa), num duelo dos quartos de final do Mundial2018 marcado para Nijni Novgorod.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.