Os jogadores da seleção nacional de futebol sub-17 de Angola destacam a competitividade que o grupo de trabalho apresenta tendo em vista a participação no Campeonato do Mundo da categoria a decorrer no Brasil de 26 de Outubro a 17 de Novembro.

No final do treino, os jogadores, em declarações à imprensa, destacaram a forma como decorre a preparação e realçaram a luta por uma vaga no grupo do vinte e três que vão disputar a fase final do Campeonato do Mundo.

Para o jogador Pedro Banga, que atua na formação sul–africana do Sandows, existe muita qualidade no grupo de trabalho e salientou que todos lutam para conquistar uma vaga no grupo daqueles que vão para o mundial.

“O facto de jogar fora não me garante já uma posição no grupo de vinte e três jogadores, tenho que continuar a treinar para convencer o treinador”, disse.

Já Ambrosini Salvador “ Ziny”, médio centro do 1º de Agosto, almeja jogar um campeonato do mundo, mas admite ter ainda muito trabalho pela frente quer no clube como na seleção nacional.

“Estou na seleção para chegar ao mundial espero estar sempre bem e ficar no grupo restrito porque só podem ir os melhores", afirmou.

O jogador, que não fez parte da seleção nacional no CAN da categoria, frisou que o grupo é bastante unido porque pretendem representar condignamente o país na estreia de um mundial da categoria.

O grupo que retomou a preparação na tarde desta segunda-feira é constituído por trinta e três jogadores e realiza na próxima quarta-feira às 9 horas o primeiro jogo de preparação diante da equipa Sub-20 da AFA.

Angola faz parte do grupo A com a seleção anfitriã, Canadá e Nova Zelândia, adversário de estreia no estádio Bezerrão às 20 horas, a 26 de Outubro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.