Um golo do suplente Lázaro, aos 89 minutos, assegurou na quinta-feira a sexta presença do Brasil em finais do campeonato do mundo de futebol de sub-17, ao consumar a reviravolta frente à França, por 3-2.

Em Gama, perto de Brasília, a França adiantou-se na meia-final, com golos de Kalimuendo-Muinga, aos oito minutos, e Mbuku, aos 14, mas, na segunda parte os anfitriões conseguiram a reviravolta, por Kaio Jorge, aos 62, Gabriel Veron, aos 76, e Lázaro, a um minuto do fim do tempo regulamentar.

A seleção ‘canarinha’, campeã do mundo em 1997, 1999 e 2003 e finalista em 1995 e 2005, vai disputar o título de 2019 frente ao México, vencedora do título em 2005 e 2011 e segunda classificada em 2013.

A formação mexicana qualificou-se pela quarta vez para uma final do Mundial de sub-17 ao derrotar a Holanda no desempate através de grandes penalidades, por 4-3, após o empate 1-1 no tempo regulamentar.

A final da 18.ª edição do Mundial de sub-17 está marcada para domingo, novamente no Estádio Bezerrão, em Gama, um dia depois de, no mesmo recinto, Holanda e França disputarem o terceiro lugar da competição.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.