A Espanha, vice-campeã em título, e o México, campeão em 2005 e 2011, qualificaram-se hoje para os quartos de final do Mundial de futebol de sub-17, a decorrer no Brasil, juntando-se a Coreia do Sul e Holanda.

Os espanhóis, que somam quatro finais perdidas (1991, 2003, 2007 e 2017) e dois terceiros lugares (1997 e 2009), venceram o Senegal por 2-1, com tentos de Robert Navarro, aos 27 minutos, e German Valera, aos 59.

A formação senegalesa, em estreia num Mundial de sub-17, ainda reduziu, aos 85 minutos, por Souleymane Faye, mas já não evitou o triunfo dos espanhóis, que esperam agora pelo vencedor do embate entre França e Austrália.

Por seu lado, o México impôs-se ao Japão, que tentava repetir os ‘quartos’ de 1993 e 2011, por 2-0, com golos de Eugenio Pizzuto, aos 57 minutos, e Santiago Muñóz, aos 74.

Nos quartos de final, os mexicanos vão defrontar a Coreia do Sul, que, no primeiro encontro dos ‘oitavos’, na terça-feira, superou a estreante Angola por 1-0.

A Holanda também se qualificou na terça-feira, ao vencer a Nigéria, recordista de vitórias na prova, com cinco (1985, 1993, 2007, 2013 e 2015), por 3-1, graças a um ‘hat-trick’ de Sontje Hansen, jogador do Ajax. Vai defrontar Argentina ou Paraguai.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.