O Wolverhampton, treinado pelo português Nuno Espírito Santo, venceu hoje por 2-0 no estádio do Manchester City, em jogo da oitava jornada da liga inglesa de futebol, deixando bicampeão a oito pontos do líder Liverpool.

Com os portugueses Rui Patrício, Rúben Vinagre, Rúben Neves e João Moutinho de início, os ‘wolves’ sustiveram os ataques do City durante o encontro, acabando por chegar ao triunfo em dois lances de contra-ataque, concluídos pelo espanhol Adama Traoré, aos 80 e 90+4 minutos, ambos na sequência de assistências do mexicano Raúl Jiménez, antigo avançado do Benfica.

O Wolverhampton somou a segunda vitória seguida na ‘Premier League’ e afastou-se dos lugares de despromoção, impondo o segundo desaire na prova ao bicampeão inglês, que contou com o internacional luso João Cancelo entre os titulares, enquanto Bernardo Silva foi ‘lançado’ pelo treinador Pep Guardiola no segundo tempo.

O Manchester City continua no segundo posto, com 16 pontos, mas viu aumentar a distância para o líder Liverpool, que agora tem mais oito do que os ‘citizens’, depois de no sábado ter somado o oitavo triunfo no mesmo número de jornadas, diante do Leicester, por 2-1.

O Arsenal aproveitou o desaire dos ‘foxes’ e subiu ao terceiro lugar, a apenas um ponto do City, ao vencer por 1-0 na receção ao Bournemouth.

O central brasileiro David Luís, ex-jogador do Benfica, foi o autor do único tento da partida, estreando-se a marcar com a camisola dos ‘gunners’, logo aos nove minutos.

O Chelsea, quinto colocado, foi ao sul de Inglaterra golear o Southampton, por 4-1, colocando-se em vantagem aos 17 minutos, através do avançado Tammy Abraham, que esta semana foi chamado à seleção principal de Inglaterra e apontou o oitavo golo na prova, igualando o argentino Sergio Agüero no topo da lista dos melhores marcadores.

Mason Mount, aos 24 minutos, N’Golo Kanté, aos 40, e Michy Batshuayi, aos 89, deram volume ao triunfo dos ‘blues’, tendo Danny Ings marcado o único tento dos ‘saints’, aos 30.

A oitava ronda da ‘Premier League’ encerra hoje, com a visita do Manchester United ao reduto do Newcastle, penúltimo classificado.

*Artigo atualizado

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.