Arsenal e Tottenham fecharam hoje a quarta jornada da liga inglesa de futebol com um empate (2-2) no dérbi de Londres, num encontro em que o ‘spurs’ deixaram fugir uma vantagem de dois golos.

Na casa do seu eterno rival, o Tottenham abriu o marcador logo aos 10 minutos, pelo dinamarquês Christian Eriksen, e aumentou a diferença aos 40, por Harry Kane, na marcação de uma grande penalidade.

Ainda antes do intervalo, aos 45+1 minutos, o francês Lacazette reduziu para o Arsenal e, aos 71, o gabonês Aubameyang, refez a igualdade.

Com este resultado, o Arsenal passou a ocupar o quinto lugar, com sete pontos, enquanto o Tottenham, que somou o terceiro jogo seguido sem vencer, está em nono, com cinco pontos.

Antes, o Everton, de Marco Silva, venceu o Wolverhampton, de Nuno Espírito Santo, por 3-2, com um ‘bis’ de Richarlison e com a 'ajuda' de Rui Patrício.

Em Liverpool, no Goodison Park, o guarda-redes português atrapalhou-se com a bola logo aos cinco minutos, depois de um passe de um defesa dos ‘wolves’, e permitiu o tento inaugural de Richarlison.

Pouco depois, aos nove minutos, Saiss refez a igualdade, mas Iwobi, aos 12, voltou a dar vantagem à equipa da casa, resultado que se manteve até ao intervalo.

Na segunda parte, os ‘wolves’, adversário do Sporting de Braga na Liga Europa, voltaram a chegar ao empate, aos 75 minutos, pelo mexicano Jiménez, ex-jogador do Benfica, mas Richarlison deu o triunfo ao Everton, aos 80, batendo novamente Patrício.

Do lado do Everton, Marco Silva contou com André Gomes a tempo inteiro, enquanto no Wolverhampton, além de Rui Patrício, Rúben Neves e Rúben Vinagre foram titulares e Diogo Jota, João Moutinho e Pedro Neto foram lançados durante o decorrer do encontro.

Na 'Premier League', o Everton saltou para o quinto lugar, com sete pontos, enquanto os ‘wolves’ cairam para o 17.º posto, com três, e continuam sem vencer na prova.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.