Ryan Giggs, atual selecionador do País de Gales, recorda com carinho os momentos vividos com Cristiano Ronaldo no Manchester United.

"Nunca pensei que Cristiano Ronaldo se tornasse num dos maiores goleadores de sempre, simplesmente não pensei nisso. Há um par de anos eu vi a final da Liga dos Campeões entre Real Madrid e Juventus e eu já não o via jogar Cristiano Ronaldo ao vivo há alguns anos. Ele não se envolve muito na construção, mas quando a bola está perto da área ele fica vivo. Ele acerta na bola, com os seus pés rápidos e faz golos assim. Pé direito, pé esquerdo, cabeça, grandes penalidades, livres diretos... Quando fazes isso de maneira regular, como ele faz, tens de ser considerado como uns dos melhores de todos os tempos", começou por dizer Ryan Giggs numa entrevista à BeIN Sports.

Ryan Giggs disse ainda que foi em Old Trafford que Cristiano Ronaldo conseguiu impor o seu estilo de jogo.

"Ele chegou ao Manchester United muito novo. Tínhamos jogado contra ele na pré-época e vimos que tinha talento. No primeiro jogo dele, contra o Bolton, conseguiu agradar aos adeptos, mas depois houve ali uma queda, uma frustração. Quando deve passar a bola, quando não deve fazê-lo, quando faz dribles a mais, quando mergulha demais. Foi um começo difícil para ele no United, mas de repente tudo mudou. De repente, já estavas a meter a bola no Cristiano. Mesmo numa equipa do United que tinha Schooles, Rooney, Tévez, era o Ronaldo quem poderia fazer a diferença. Era ele aquele que te poderia tirar de uma situação complicada. Tornou-se num goleador e num vencedor nato nos grandes palcos. Todos os grandes jogadores protagonizaram momentos vitais e ele já o fez vezes sem conta, sem no United, no Real Madrid ou na Juventus", rematou o antigo médio galês.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.