"Não é um assunto para brincadeiras": Dele Alli pediu desculpas no domingo por uma piada que fez na rede social Snapchat sobre o coronavírus, algo que levou a Federação Inglesa de Futebol a abrir uma investigação, segundo a imprensa britânica.

No vídeo publicado no Snapchat no sábado, o médio apareceu com uma máscara protetora a cobrir o rosto e com uma mensagem que dizia: "Corona quê! Aumente o volume". De seguida, o jogador do Tottenham exibiu um homem de origem asiática e um sabonete anti-séptico com a mensagem "Este vírus terá de ser mais rápido do que isso para me apanhar".

Após as reações de indignação que provocou, o vídeo foi retirado e o jogador teve que se desculpar: "Quero pedir desculpas por esse vídeo", disse Dele Alli, na rede social chinesa Weibo.

O coronavírus, que já causou mais de 900 mortes na China continental e infectou mais de 40.000 pessoas "não é algo que deva ser objeto de piadas", reconheceu o médio do Tottenham.

Vários meios de comunicação social britânicos afirmam que a FA pediu ao jogador explicações sobre o vídeo. Dele Alli, de 23 anos, corre o risco de sofrer uma suspensão ou uma multa por parte da Federação Inglesa de Futebol.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.