O jogo entre Manchester City e Arsenal, marcado para esta quarta-feira, foi adiado devido a receios relacionados com o Covid-19.

A decisão surge depois do presidente do Olympiacos, Evangelos Marinakis, ter sido diagnosticado com a doença 13 dias depois da equipa grega ter jogado no Emirates Stadium, no passado dia 27 de fevereiro.

No dia do jogo, segundo escreve a Premier League, "Sr. Marinakis, o dono do clube grego, esteve com vários membros do plantel do Arsenal e do staff".

"(...) o recente conhecimento da infeção do Sr. Markinakis significa que não existe alternativa senão tirar o tempo necessários para uma correta análise da situação", escrevem.

Trata-se do primeiro jogo na Premier Lague a ser afetado pela epidemia de Covid-19, sendo que a organização afirma que não existe qualquer plano para adiar outras partidas da competição.

O campeão inglês, segundo classificado do campeonato, com 57 pontos, menos 25 do que o líder Liverpool, e que conta com Bernardo Silva e João Cancelo, iria receber hoje o Arsenal, de Cédric Soares, que segue no nono posto, com 41.

A Liga inglesa tem sido das mais poupadas na Europa às restrições impostas pelo surto do novo coronavírus, como são os casos da suspensão do campeonato italiano ou a realização de jogos sem público em França e, a partir da próxima jornada, em Portugal.

No Reino Unido, estão identificados 373 casos confirmados e seis mortes.

*Artigo atualizado ás 10h14

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.