Didier Deschamps saiu em defesa de Paul Pogba. O médio francês é visto como um dos culpados pela má forma do Manchester United e a sua forma de encarar o futebol levou a que levasse um 'raspanete' de José Mourinho. O técnico avisou o jogador que teria de concentrar-se mais no futebol e chegou mesmo a retira-lo da lista de capitães do Manchester United. Mais tarde Pogba foi proibido de falar à imprensa.

A relação entre o treinador português e o médio franceses não é a melhor e tem sido motivo de muita discussão em Inglaterra e não só. Esta segunda-feira, o selecionador francês, Didier Deschamps, saiu em defesa do campeão do Mundo.

"Acho que foi exagerado o diferendo entre Mourinho e Pogba. Talvez não tenham visto o último jogo [3-2 frente ao Newcastle], porque eu vi um grande Paul Pogba. Acho que José Mourinho viu o mesmo. Não existe nenhum problema com Pogba, mas que não quero ser envolvido ou interferir no relacionamento entre os jogadores e o seu treinador", apontou o técnico, em conferência de imprensa da seleção francesa.

"Algumas coisas que aconteceram acho que, como é frequentemente, tornámos em algo que não é", referiu Deschamps, em declarações reproduzidas pelo jornal L'Équipe.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.