O jornal 'The Sun' escreve esta quarta-feira que os jogadores do Manchester City fizeram uma festa ao estilo 'bunga bunga' no passado domingo, depois da goleada sobre o Aston Villa, por 6-1.

A publicação inglesa explica que a festa contou com a presença de 22 modelos italianas, que ficaram hospedadas num hotel em Cheshire, perto da zona onde morou vários 'citizens', e onde cada noite ronda os 175€. Depois, foram levadas para a localização secreta da festa num autocarro privado.

Pep Guardiola terá dado autorização para que os seus jogadores se reunissem para celebrar a vitória, mas não é possível saber se o treinador catalão saberia ou não da presença das modelos na referida festa.

Uma fonte contou ao 'The Sun' que esta "foi uma festa de Natal atrasada para os jogadores. Um indivíduo com ligação a alguns dos jogadores passou os últimos meses a organizá-la. Acho que as mulheres deles vão ficar surpreendidas ao saber que essas mulheres foram convidadas, mas elas não. De qualquer forma, as mulheres eram muito bonitas e pareciam estar a divertir-se muito. Eu suponho que os jogadores também o tenham feito."

De frisar que as festas 'bunga bunga' ficaram conhecidas graças a Silvio Berlusconi, antigo primeiro-ministro italiano que foi presidente do AC Milan. O antigo líder do Governo italiano organizava festas na sua mansão com direito a jacuzzi e prostitutas, que ficaram conhecidas pelo nome de 'bunga bunga' depois de uma das modelos com presença assídua usar esse termo para se referir às orgias que aconteciam durante esses eventos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.