Numa Premier League que parece já destinada a ser conquistada pelo Liverpool, todos os adversários tentam encontrar formas de travar uma equipa que parece imbatível. Este sábado será a vez do Tottenham de José Mourinho (6.º) que vai até a casa do líder isolado, em jogo da 22.ª ronda da prova.

Para encontrar a última derrota do Liverpool para a Premier League, é preciso recuar até 03 de janeiro de 2019, quando os 'reds' perderam com o Manchester City no Ethiad. Já são 372 dias sem qualquer derrota na prova. Neste momento, a equipa de Klopp parece imbatível.

O desafio é importante para os 'Spurs', que perderam força nas últimas semanas, com quatro pontos conquistados nas quatro últimas jornadas e um empate fora de casa (1-1) com o Middlesbrough (16.ª classificada na segunda divisão) na Taça de Inglaterra, no último fim de semana.

Mas após as derrotas com o Manchester United (2-1) como visitante e em casa frente ao Chelsea (2-0), com o terceiro lugar em jogo, José Mourinho tentará mostrar que é capaz de elevar o nível da sua equipa para criar problemas aos grandes.

Pela frente estará um Liverpool que nem o Mundial de Clubes no Qatar nem o ritmo infernal do Boxing Day (26 de dezembro) conseguiram travar.

Com as equipas de titulares ou reservas, o Liverpool já acumula cinco vitórias seguidas em todas as competições, sem sofrer nenhum golo.

No campeonato, os jogadores comandados pelo técnico Jürgen Klopp começaram uma série de seis jogos de risco elevado, se é que essa expressão ainda pode ser aplicada ao implacável clube da cidade dos Beatles.

O Leicester foi goleado no seu estádio (4-0). Wolverhampton (1-0) e Sheffield United (2-0), também foram dominados sem muito esforço. Depois de enfrentar o Tottenham, os 'reds' vão receber o Manchester United e visitar o Wolverhampton.

Atrás do Liverpool, a disputa entre Manchester City (3.º) e Leicester (2.º), separados por um ponto, vai continuar com a visita dos 'foxes' ao Southampton (12.º), enquanto que os comandados de Pep Guardiola viajam no domingo para enfrentar o Aston Villa (17.º).

A partida do Arsenal (10.º) no estádio do seu vizinho Crystal Palace (9.º) será importante para ver se a recente melhoria nos dois últimos jogos dos 'Gunners' se confirma.

Se os nove pontos de desvantagem em relação ao Chelsea (4.º) que recebe o Burnley, complicam um eventual apuramento para a Liga dos Campeões, uma vaga na Liga Europa continua a ser possível, já que a distância entre Manchester United (5.º), que receberá o último colocado Norwich, e o Newcastle (13.º) é de apenas seis pontos.

Jogos da 22.ª jornada da Premier League

- Sexta-feira:

Sheffield United - West Ham

- Sábado:

Crystal Palace - Arsenal

Everton - Brighton

Chelsea - Burnley

Wolverhampton - Newcastle

Manchester United - Norwich City

Leicester - Southampton

Tottenham - Liverpool
- Domingo:

AFC Bournemouth - Watford

Aston Villa - Manchester City

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.