O jornal 'The Times' avança esta sexta-feira que o Everton corre o risco de perder pontos por alegada abordagem ilegal ao treinador português Marco Silva, quando este ainda treinava o Watford. A Premier League abriu um inquérito ao emblema inglês e o caso pode mesmo levar a para medidas gravosas.

O Everton despediu o treinador holandês Ronald Koeman em outubro do ano passado e desde essa altura que Marco Silva era apontado como a principal opção do clube inglês para o comando da equipa, no entanto, nessa altura o técnico português era o treinador do Watford.

A mesma publicação acrescenta que os registos telefónicos e de e-mail de Farhad Moshiri, dono do clube, vão servir como prova de contacto entre o clube e o técnico. A Premier League tinha tentado resolver o caso através do pagamento de uma indemnização do Everton ao Watford, mas não conseguiu chegar a acordo.

Agora, o Everton arrisca-se a que a Premier League aplique uma medida mais grave que pode levar a que o clube perca pontos na classificação, tal como aconteceu com o Chelsea, quando José Mourinho se encontrou num hotel com Ashley Cole, apesar de este ser jogador do Arsenal.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.