Harry Kane foi o melhor marcador de 2017, ao ter atingido 56 golos apontados num ano civil. Esta marca faz com que o jogador tenha ultrapassado Cristiano Ronaldo e Messi neste campo em particular.

No entanto, o jogador não quer ficar por aqui. O atacante inglês quer bater os avançados de Barcelona e Real Madrid muitas mais vezes.

"Vão ficar na história como dois dos melhores jogadores de sempre. Estar lá e batê-los é algo que me deixa orgulhoso. Quero estar todos os anos à frente deles, não apenas superá-los mas vencer tantos troféus quanto eles", referiu o jogador, em declarações citadas pelo jornal Record.

Na hora da conquista, Harry Kane não deixa de recordar os 'sacrifícios' que teve de fazer para conseguir atingir marcas e recordes.

"Não me queixo. É a vida de um jogador e eu adoro isto, mas abdica-se da parte social da vida. Nem todos os jogadores o fazem. Alguns saem, vão a restaurantes, esse tipo de coisas... Do meu ponto de vista, para que consiga tirar o melhor de mim, é preciso ir para casa, descansar, recuperar, estar com a minha família e fazer tudo o que consigo naquele período de tempo para atingir o que posso", referiu.

"Desisti de quase tudo. Doces, chocolate, o básico de que toda a gente gosta. Não cortei totalmente com isso, mas consumo em proporções certas. Não é preciso cortar com toda a comida má. É preciso, isso sim, saber em que dias preciso mais de umas coisas do que de outras. Isso ajuda-me a recuperar bem".

Harry Kane, de 24 anos, impôs-se no Tottenham em 2014/2015, depois de vários empréstimos a clubes ingleses como o Leicester City, Norwich City ou Milwall. Esta temporada, conta com 26 golos marcados em 27 partidas disputadas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.