Zlatan Ibrahimovic concedeu uma entrevista à revista britânica FourFourTwo onde falou sobre a sua passagem pelo Manchester United. O sueco revelou estar "super orgulhoso e super feliz" por tudo o que alcançou nos 'red devils'.

"Ganhámos e fiz o que já tinha feito antes de me lesionar. Passei um período excelente, tenho grandes memórias. Estou ligado ao United para sempre. Os adeptos são fantásticos. Onde quer que fosse, via camisolas vermelhas, o que era fantástico", começou por dizer, antes de falar sobre os críticos:

"As pessoas diziam ‘Não precisas de ir para Inglaterra, porque se falhares lá, vão sempre dizer-te que não foste suficientemente bom’. Todos estavam contra. E sabem que mais? Motivou-me. Deram-me adrenalina"

"Como disse quanto estava em Inglaterra, tiveram sorte de não ter chegado dez anos antes, porque se fiz o que fiz com 35 anos, imaginem se tivesse feito com 25. Teria sido uma história diferente. Fui para lá e disseram que cheguei numa cadeira de rodas. Pessoas de toda a Premier League falaram, mas deixei-as numa cadeira de rodas. Foi o que fiz", terminou Ibrahimovic que marcou 29 golos em 53 jogos pelo Manchester United.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.