Christopher Aurier, irmão mais novo do jogador do Tottenham Serge Aurier, faleceu num hospital depois de sido encontrado pelos serviços de emergência com um ferimento no estômago provocado por uma bala na zona industrial de Toulouse, avançou esta manhã a imprensa francesa.

O assassino terá fugido, acrescenta fonte ligada ao processo. Christopher Aurier, que tal como o irmão Serge tinha nacionalidade costa-marfinense, também jogava futebol em França, mas num clube de pequena dimensão

Em comunicado, o Tottenham já reagiu: "É com extremo pesar que o clube confirma as notícias de que o irmão de Serge Aurier faleceu na última madrugada. Damos todo o nosso apoio a Serge neste período difícil e pedimos que respeitem a privacidade do jogador e da sua família. Todos no clube enviam as mais sinceras condolências a Serge e à sua família. Os nossos pensamentos estão com eles", pode ler-se na nota emitida pelo clube londrino, orientado pelo português José Mourinho e onde atua o também português Gedson Fernandes.

Os serviços de emergência terão encontrado Christopher Aurier por volta das 5h00 da manhã de segunda-feira, de acordo com relatos da imprensa gaulesa, depois de residentes da zona terem chamado a polícia ao verem a vítima estendida no chão com uma ferida no estômago. Segundo a 'Europe 1', o irmão do jogador dos 'Spurs' terá sido ferido no segumento de dois disparos à saída de um clube noturno.

Christopher Aurier tinha 26 anos e alinhava no Rodéo Toulouse, equipa que na época passada disputou o quinto escalão do futebol francês, depois de ter passado por emblemas como o Racing Club de Lens, o Gueugnon, ou o Rebecq, da Bélgica.

O irmão Serge, de 27 anos, atua no Tottenham desde 2017, onde chegou proveniente do PSG, e é o habitual capitão da seleção principal da Costa do Marfim.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.