1989/1990. Já lá vão quase 30 anos desde da última vez que o Liverpool se sagrou campeão em Inglaterra, concluindo a na altura chamada 'Football League' com 79 pontos, mais nove que o Aston Villa, segundo classificado.

Trinta longos anos, que viram os 'reds' levantar Ligas dos Campeões, Taças UEFA, Taças de Inglaterra, Taças da Liga Inglesa... Mas o campeonato continuou a fugir.

O que é certo é que a seca parece estar finalmente a chegar ao fim, com o Liverpool a levar já uma vantagem de 22 pontos sobre o segundo classificado, o Manchester City que voltou a tropeçar na Premier, desta vez frente ao Tottenham de José Mourinho por 2-0.

Esta vantagem coloca os 'reds' a seis jogos de se sagrarem campeões da Liga Inglesa, pela primeira vez na era Premier League.

Norwich, West Ham, Watford, Bournemouth, Everton e Crystal Palace são os passos vitoriosos que os comandados de Klopp precisam de dar para chegar ao tão ambicionado título. Isto se o City não voltar a escorregar, porque caso isso aconteça a festa pode ser feita mais cedo.

Se o City não escorregar e o Liverpool vencer todos os jogos, o embate com o Crystal Palace no dia 21 de março será histórico (caso vençam) na cidade dos Beatles com a equipa a juntar aos títulos de campeão mundial e europeu o tão esperado título de campeão inglês.

Mas há mais:caso o Liverpool 'só' se sagre campeão frente ao Crystal Palace, na jornada seguinte vai receber uma guarda de honra no Etihad Stadium, frente ao Manchester City, a 4 de abril.

Mas nesta altura tudo isto são apenas cenários, porque o que importa é o que acontece dentro dos estádios ingleses na Premier League que regressa no próximo fim de semana para uma jornada bem longa com o City a jogar no domingo, frente ao West Ham e o Liverpool a defrontar o Norwich seis dias depois, no dia 15.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.