O treinador português foi questionado sobre o castigo do Manchester City, que foi banido da Liga dos Campeões durante as próximas duas épocas devido ao Fair Play Financeiro, e respondeu ao seu estilo.

"Não perdi nem um minuto a analisar o que vai acontecer. A UEFA e a FIFA é que têm de analisar. Se eu for por aí tenho de perguntar se a equipa [Manchester United] que ficou em segundo lugar em 2018 fica ou não com o título. Isso seria interessante", 'atirou' José Mourinho, bem-disposto.

"Brincadeiras à parte, estou calmo e não penso no quarto ou quinto lugar. Penso apenas em fazer o máximo que podemos, em conseguir a melhor posição possível e o maior número de pontos possível. No final da temporada veremos onde estamos, porque até podemos acabar em sexto ou sétimo e aí não vai interessar se o quinto vai à Champions", acrescentou o treinador português.

De notar que por trás do castigo aos 'citizens' está uma violação grave por parte do Manchester City dos Regulamentos de Licenciamento e do Fair Play Financeiro entre 2012 e 2016.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.