José Mourinho acredita que De Gea será guarda-redes do Manchester United na próxima temporada. O técnico português refere que o jogador está concentrado e focado em defender o clube inglês.

Segundo avança o jornal Record, que cita declarações do técnico português em conferência de imprensa, De Gea não vai mesmo sair dos 'red devils'.

"Posso assegurar que ele não sairá esta temporada - isso posso. E a minha impressão é que será muito difícil que [um dia] vá. De Gea é um jovem muito honesto... Ele esteve em contacto durante muito tempo, inicialmente o clube não estava disponível para negociar, mas depois disponibilizou-se porque penso sempre que não é bom ficar com jogadores que desejam sair, pois no fim acabas por nunca conseguir tirar deles o rendimento que esperas", afirmou o técnico, no lançamento do jogo da International Champions Cup com o Real Madrid.

"Por isso, disponibilizamo-nos a negociar, mas nessa altura eles decidiram 'fechar a porta'... e não me parece que seja uma boa sensação para ele. [Agora] Vejo-o muito feliz, concentrado e empenhado no trabalho como nunca. Para mim é 100 por cento certo que vai ficar connosco", afirmou o técnico, dizendo que a concorrência com Sergio Romero também ajudou o guardião espanhol a crescer.

"Penso que o melhor que podia ter acontecido ao David [na temporada passada] foi a forma como Romero jogou, pois até essa altura ele sentia-se um homem seguro. David está a treinar de outra forma, é muito melhor agora do que antes e tem condições fantásticas para se afirmar. Ter os dois a este nível é maravilhoso", explicou Mourinho.

De Gea foi um alvo preferencial da equipa espanhola nas pré-temporadas de 2015 e 2016, bem como em fevereiro último, mas, segundo fez crer José Mourinho, o atual titular da baliza da seleção espanhola terá perdido todo o interesse em se transferir para os atuais campeões de Espanha e da Liga dos Campeões.

Depois de reconhecer que o Real Madrid tentou por diversas vezes contratar o guarda-redes e que o Manchester United não quis negociar, José Mourinho revelou os ingleses decidiram "abrir a porta" às negociações, uma vez que não deseja ter um jogador que queira partir.

"Mas, uma vez abertas as negociações, eles voltaram a fechar. Não creio que David tenha um sentimento positivo em relação ao Real Madrid", disse Mourinho.

Recorde-se que o Manchester United esteve em negociações com o Real Madrid para a transferência de Álvaro Morata mas a transferência acabou por cair e o técnico português referiu que não ficou satisfeito com o comportamento do clube espanhol nas negociações.

Os 'red devils' acabaram por contratar Romelu Lukaku e Morata rumou ao Chelsea.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.