O jornal francês 'L'Équipe' escreve esta quarta-feira que o Nantes vai avançar com uma queixa na FIFA contra o Cardiff City. Em causa está o atraso no pagamento de 17 milhões de euros pela transferência do jogador argentino Emiliano Sala.

“Podemos confirmar que recebemos na terça-feira à noite uma queixa do Nantes contra o Cardiff, relativa à transferência de Emiliano Sala”, disse à agência de notícias francesa AFP um porta-voz da FIFA.

A primeira prestação da transferência deveria ter sido feito pelo emblema inglês até 26 de janeiro. Como tal aconteceu, o Nantes enviou uma carta no início de fevereiro dando 10 dias ao Cardiff para pagar o primeiro terço do valor da transferência de Sala, antes de iniciar o processo perante a FIFA, de acordo com os regulamentos da instituição.

O clube galês disse que queria aguardar as primeiras conclusões do relatório de investigação do acidente para ver se algumas das responsabilidades poderiam ser atribuídas ao clube francês.

O Nantes argumenta que o Certificado Internacional de Transferência (CIT) de Emiliano Sala do Nantes para o Cardiff foi registado pelo clube galês antes do acidente, pelo que o argentino não estava mais sob a sua responsabilidade.

De acordo com um relatório preliminar ao acidente divulgado na segunda-feira, a aeronave que transportava Emiliano Sala e pilotada por David Ibbotson, cujo corpo continua desaparecido, não possuía licença para voos comerciais.

“Estamos a estudar este caso e, portanto, não temos outros comentários a fazer no momento”, acrescentou a mesma fonte da FIFA.

A 12 de fevereiro, o presidente do Cardiff, Mehmet Dalman, disse em declarações à BBC, que “é claro” que iria pagar os custos da transferência do futebolista Emiliano Sala, falecido num acidente de avião, “se estiver contratualmente obrigado a fazê-lo”.

“Claro que pagaremos, se estivermos, por contrato, obrigados a fazê-lo. Somos um clube honrado. Mas se não e houver alguma anomalia, então terão de compreender que eu, enquanto presidente do clube, defenda os seus interesses e mantenha a nossa posição”, explicou Dalman.

Recorde-se que Sala, de 28 anos, transferiu-se do Nantes, a troco de 17 milhões de euros, para o Cardiff, mas o avião em que viajava daquela cidade francesa para a cidade galesa, pilotado por David Ibobotson, desapareceu no passado dia 21 de janeiro quando sobrevoava o Canal da Mancha.

 *Artigo atualizado

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.