Velha glória do futebol inglês, célebre por algumas afirmações polémicas e por nunca ter muitas 'papas na língua', Gary Lineker encontra-se em quarentena em virtude de ter sentido sintomas relacionados com o novo coronavírus. E, à revista 'Event', aludiu a uma das suas frases mais memoráveis, quando certa vez afirmou que marcar um golo era melhor do que sexo.

"Acho que estamos todos de acordo que marcar um golo é muito melhor. Basicamente porque toda a gente pode ter sexo, mas nem todos podem marcar um golo num grande jogo. Mas nunca mais voltarei a marcar e provavelmente também nunca mais terei relações sexuais", brincou o agora comentador desportivo da BBC.

Melhor marcador do Campeonato do Mundo de 1986, Lineker, agora com 59 anos, já se divorciou duas vezes. Tem quatro filhos, mas está agora 'solteiro' e está a passar o período de quarentena com a sua mãe. "Estou bem sozinho, estou solteiro outra vez...Antes da quarentena ia tendo um ou outro encontro, saía para jantar, tomar um copo ou beber um café, mas não tenho tido muitos encontros nos últimos tempos", reconheceu.

O facto de ser uma figura pública não ajuda. "Não quero ser fotografado a sair de um restaurante com uma pessoas que talvez vá ver uma ou duas vezes na vida. Isso daria lugar a muita especulação. Por isso tenho de ser cuidadoso...", explicou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.