Old Trafford, o 'Teatro dos Sonhos' e casa do Manchester United, 20 vezes vencedor da Premier League, três vezes campeão europeu e duas vezes campeão mundial é pedra numa complicada engrenagem para a venda do clube inglês, outrora um colosso do futebol mundial que tem vindo a cair nos últimos anos.

Segundo o jornal inglês 'Daily Mail', o estado em que se encontra a casa dos 'Red Devils' é um dos dissuasores para os possíveis compradores do clube.

Isto porque Old Trafford, inaugurado em 1910 (faz 110 anos no próximo dia 19 de fevereiro), está a precisar de obras para se conseguir aproximar dos estádios 'topo de gama' de outros clubes da Premier League, do qual o maior exemplo é mesmo o novo estádio do Tottenham Hotspur.

Uma possível remodelação está a avaliada em 200 milhões de libras (cerca de 240 milhões de euros), um valor que pode revelar-se conservador face à logística e complicações inerentes a um aumento de capacidade do estádio (de 75 mil para 90 mil pessoas) - A bancada sul (South Stand) está ao lado de uma linha de comboio (como pode ver na imagem abaixo) o que obriga a uma obra em altura, por cima dessa linha.

Imagem Aerea de Old Trafford
créditos: Google Maps

Segundo o jornal, que cita financiadores, existem apenas 20 pessoas no mundo com riqueza suficiente para irem de encontro aos quase três mil milhões de euros pedidos pela família Glazers, que é dona do clube desde que em 2005 passou a ter a maioria das ações do clube e que tem vindo a ser mais e mais contestada pelos adeptos do Manchester United.

Outro dissuasor da compra é a recusa dos Glazers de venderem mais que 20% das ações, algo que deixa de 'pé atrás' investidores sauditas que preferiam adquirir a totalidade do clube, à semelhança do que aconteceu com o Manchester City.

Resta saber se irá surgir alguém disposto a pagar os três mil milhões pelo clube mais (pelo menos) 240 milhões de euros pela renovação do 'Teatro dos Sonhos'. Cenas para ver nos próximos episódios.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.