O Manchester United e o Arsenal empataram esta segunda-feira a uma bola, no jogo de encerramento da sétima jornada da liga inglesa de futebol, numa partida marcada pelo equilíbrio e com poucas oportunidades de golo para ambos os lados.

Este duelo, que noutros tempos fazia parar Inglaterra mas também o mundo do futebol, teve pouco interesse, dadas as posições das duas equipas na tabela, embora os 'gunners' estejam em melhor posição.

O primeiro golo do jogo chegou já em cima do intervalo, aos 45 minutos, com McTominay a disparar um remate indefensável à entrada da área, que deixou o guarda-redes alemão do Arsenal Bernd Leno estático a ver o esférico entrar junto ao ângulo superior direito da sua baliza.

Já na segunda metade do encontro, o inevitável Aubameyang aproveitou um erro defensivo dos 'red devils' para empatar o jogo, batendo com classe o guardião espanhol David de Gea.  O golo começou por ser anulado pelo árbitro assistente mas o vídeo-árbitro corrigiu a decisão já que o gabonês não estava em posição irregular.

Perto do final do encontro, um livre direto cobrado por Marcus Rashford quase resultou em golo, mas a bola saiu poucos centímetros ao lado da baliza do Arsenal e o encontro terminou mesmo empatado a uma bola.

Com o ponto averbado no terreno do rival Manchester United, o Arsenal segue agora na quarta posição da Premier League (12 pontos em sete jogos), enquanto o Manchester United está mais atrasado, no décimo posto, com nove pontos.

O Liverpool segue na liderança com o registo impressionante de sete vitórias nos primeiros sete jogos do campeonato (21 pontos), seguido pelo campeão em título, Manchester City, que soma 16 pontos.

O treinador Ole Gunnar Solskjaer começa a ficar sem margem de manobra no Manchester United.

*Artigo atualizado

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.