Daniel Podence concedeu uma entrevista ao jornal O Jogo, na qual abordou, entre outros assuntos, a situação que o Sporting atravessa, respondendo com ironia à intenção de Bruno de Carvalho se candidatar à presidência dos 'leões'.

"O Bruno de Carvalho que se preocupe em lutar contra o coronavírus que fica melhor, ele e toda a gente", respondeu o jogador do Wolverhampton.

Podence comentou ainda o clima de contestação à atual direção de Frederico Varandas. "Isso já não é de agora. Só nas épocas do Jesus é que as equipas iam a Alvalade e já entravam a perder. Tirando isso, o Sporting não tem conseguido fazer de Alvalade uma fortaleza. É vergonhoso uma equipa tão grande passar por estas situações. (...) O clube não pode passar por algo assim seja quem for o presidente. Dessa forma os jogadores não rendem", observou.

Sobre a contratação de Rúben Amorim para o comando técnico do Sporting, o antigo jogador dos 'leões' não tem dúvidas: "É muito dinheiro... Trata-se de uma aposta muito arriscada. Mas, se as coisas correrem bem e se o Rúben Amorim tiver sucesso, é uma aposta ganha e, aí, já ninguém se lembrará de quanto custou. Mas foi uma contratação financeiramente muito ousada."

Podence, recorde-se, rescindiu contrato com o Sporting após a invasão à academia de Alcochete, em maio de 2018.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.