O mercado de transferência de 'verão' da Premier League em 2020 vai estender-se por dez semanas e abrirá a 27 de julho, precisamente um dia após a conclusão da edição 2019/20 da prova, foi esta quarta-feira oficialmente confirmado. Os clubes terão de concluir todos os seus negócios de transferências de jogadores vindos de outros campeonatos até 5 de outubro, data em que encerra a janela de transferências.

Os clubes do escalão principal do futebol inglês terão contudo, depois, mais onze dias - até 16 de outubro - para realizarem negócios de compra e venda de jogadores exclusivamente entre si.

Em comunicado, a Premier League anunciou: "As entidades envolvidas na Premier League acordaram as datas para a janela de transferências do verão de 2020. Esta janela estará aberta por 10 semanas, desde o o final da presente edição da Premier League, ou seja, a partir de 27 de julho, e encerrará a 5 de outubro. Após consulta à Liga Inglesa de Futebol, ficou ainda acordada uma janela de transferências exclusivamente interna a partir de 5 de outubro e até às 17h00 de 16 de outubro. Durante esta janela de transferências extra, os clubes da Premier League apenas poderão negociar com outros clubes da Liga Inglesa de Futebol (sejam acordos de empréstimo ou transferências definitivas)".

A presente edição da Premier League inglesa só vai terminar a 26 de julho, em virtude do período de interregno competitivo vivido por causa da pandemia de COVID-19. Com três jornadas ainda por disputar, o Liverpool já garantiu matematicamente a conquista do título, um título que lhe fugia há 30 anos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.