José Mourinho foi anunciado como novo treinador do Tottenham, apesar de, em 2015, ter dito que nunca conseguiria orientar os Spurs devido ao respeito que tinha pelo Chelsea.

O treinador português, que comandou o Chelsea em dois períodos diferentes (2004 a 2007 e 2013 a 2015), acabou mesmo por render-se ao rival londrino na manhã desta quarta-feira, após a demissão de Mauricio Pochettino.

Em março de 2015, antes da final da Taça da Liga entre Chelsea e o Tottenham, em Wembley, Mourinho confessou que foi abordado pelo presidente do Spurs, Daniel Levy, para assumir o comando em White Hart Lane, isto em setembro de 2007.

"Eu seria incapaz de treinar o Tottenham… Amo demais os adeptos do Chelsea!", disse, na altura, o novo treinador dos Spurs.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.