O futebolista do Manchester City Carlos Tevez foi hoje sentenciado a cumprir 250 horas de trabalho comunitário, depois de se ter declarado culpado em dois casos envolvendo infrações rodoviárias, pelas quais foi detido em março.

O avançado argentino esteve presente no tribunal de Macclesfield, em Manchester, respondendo às acusações de ter conduzido sem posse de uma carta de condução válida e sem seguro automóvel.

O tribunal estabeleceu ainda uma multa de 1.175 euros e proibiu o argentino de conduzir nos próximos seis meses.

Tevez declarou-se culpado diante dos juízes, com a assistência de um tradutor, e explicou que ainda não obteve uma nova carta de condução britânica porque tem tido problemas em perceber o inglês do exame teórico.

O avançado, que já atuou pelo Corinthians, West Ham e Machester United, tem estado em destaque no Manchester City, tendo marcado sete golos nas últimas seis partidas disputadas pelos atuais campeões da primeira liga inglesa de futebol.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.