O adepto do FC Porto que invadiu o relvado durante o clássico no Estádio do Dragão e acabou por agredir Pizzi deveria ter marcado presença no Tribunal de Pequena Instância do Porto, mas o mesmo acabou por não comparecer.

O adepto foi constituído arguido e notificado a prestar declarações na manhã desta segunda-feira. Recorde-se que o adepto foi posto em liberdade ainda na passada sexta-feira.

Devido à ausência, o Procurador poderá aumentar o nível de importância e reencaminhar o caso para o Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP), que deve agora notificar o interveniente e também todas as testemunhas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.