Pablo Aimar assinou pelo Benfica em 2008 e cumpriu sete temporadas na Luz, de onde guarda boas memórias. Em conversa com o compatriota Javier Saviola, o argentino revelou que de vez em quando ainda ouve o hino que o clube passa antes dos jogos no Estádio da Luz.

"Às vezes ainda meto o hino, aquele que ouvíamos antes dos jogos, para escutar", confessou Aimar, em declarações à Benfica TV,

O atual técnico, de 40 anos, recordou ainda a época do primeiro título nacional no Benfica, em 2009/10, com Jorge Jesus no comando técnico.

"Foi voltar ao que era o Benfica. A maior equipa. Recordo-me de nesse ano ter desfrutado muito de jogar. Foi um ano completo com jogos divinais que fizemos. A exigência faz as grandes equipas. Com Jorge Jesus aprendi muito. Ele falava muito de defender, dizia que se tivéssemos poucos golos sofridos íamos ser campeões e ele treinava muito para que defendêssemos bem", lembrou.

"Às vezes estamos a falar [com Saviola] e partilhamos essa sensação de vontade de voltar a ganhar. Há quem diga que não deves voltar onde foste feliz, mas nós gostávamos de voltar a Lisboa. Jantar, caminhar, ir aos relvados, ao estádio, porque passamos muitos bons momentos. Trataram-nos muito bem, como em casa. E onde de tratam bem, tu tens vontade de voltar", notou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.