Alan Ruiz vai apresentar-se no Sporting na próxima segunda-feira depois de um empréstimo ao Aldosivi. Em entrevista ao jornal Record, o jogador argentino assumiu a ambição de afirmar-se no plantel leonino e lamentou a ideia que foi criada na sua primeira passagem pelo Sporting com as polémicas da cor do seu Ferrari e o elevado valor de 8 milhões de euros pagos pelo clube de Alvalade pela sua contratação.

"Vejamos onde está hoje quem falou de mais. Nenhum deles ficou no Sporting. Eles tinha de perceber que não havia Ferraris verdes, só vermelhos...Também se disse que não podia estacionar dentro do clube. Era tudo mentira", começou por dizer Alan Ruiz ao referido jornal.

Recorde-se que no final de 2016, Alan Ruiz foi obrigado pela direção do Sporting, liderada na altura por Bruno de Carvalho, a mudar a cor do seu Ferrari pelo simples facto do seu carro ser da cor encarnada e de haver uma associação ao rival da Luz.

Em declarações ao jornal A Bola em outubro de 2016, o pai de Alan Ruiz confirmou a informação: "Sim, vai mudar [a cor do carro]. Ainda não sabe, no entanto, para qual. Para já vai andar com outro carro" disse na altura Federico Ruiz, pai do atacante de 23 anos

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.