Após a expulsão de Luis Díaz ao ver o segundo amarelo na final da Taça de Portugal, o ambiente aqueceu no relvado do Estádio Cidade de Coimbra, entre FC Porto e Benfica e o apito de Artur Soares Dias para a recolha aos balneários ao intervalo não terá acalmado os ânimos.

Segundo adianta o jornal 'Record', que cita fonte dos 'encarnados',  Pepe terá tentado agredir vários jogadores do Benfica e Otávio terá ameaçado Manuel Mota, o quarto árbitro da partida que antes do intervalo já se tinha envolvido numa troca de palavras acesa com Sérgio Conceição, após o técnico ter recebido ordem de expulsão.

Otávio tentou ainda atingir Jardel, enquanto Marchesín terá tentado chegar ao balneário 'encarnado'. Luís Gonçalves, diretor desportivo dos 'azuis-e-brancos' terá também ameaçado Manuel Mota.

Contactada pelo jornal, fonte do FC Porto não comentou as acusações do Benfica.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.