Um empate e uma derrota. Frente ao Belenenses na época passada e FC Porto já este ano. As vitórias do Benfica na Primeira Liga, desde que Bruno Lage assumiu o comando já não espantam ninguém. As goleadas também não. Em 33 jogos sob o comando do técnico português, os encarnados somam 31 triunfos e apenas dois resultados negativos.

Em matéria de golos, é de deixar qualquer um de boca aberta: Média de 3,3 golos por jogo. Desta feita, a vítima foi o terceiro classificado Famalicão. É certo que a equipa de João Pedro Sousa já não vencia há quatro jogos, mas é no entanto uma das grandes sensações do campeonatos, também devido ao jogo positivo e ofensivo que tem explanado nos relvados nesta edição da I Liga.

Veja o resumo da partida

Acabaram por ser os jogadores mais importantes das águias os grandes obreiros do triunfo. Falamos de Vinícius, Chiquinho, Taarabt a que se junta um imperial Pizzi: O Benfica tem juntado a qualidade das exibições aos triunfos.

O Famalicão até entrou afoito e com vontade de discutir o encontro na Luz, com os extremos Rúben Lameiras e Fábio Martins a tentarem criar problemas à defensiva encarnada. Contudo, o Benfica teve o mérito de conseguir secar o grande municiador do ataque famalicense, o médio Gustavo Assunção. A vantagem chegou, já perto do intervalo, num tento de Carlos Vinícius.

Já na segunda parte, um Pizzi em grande forma bisou aos 48´e 63´minutos, e os encarnados resolveram o jogo quando ainda faltava meia hora para terminar a partida. Sem conseguir ligar o seu jogo ofensivo, o Famalicão abriu espaços na sua defesa e foi pelos corredores que os encarnados conseguiram furar, através de Chiquinho que esteve em três dos golos da equipa de Bruno Lage. Até final, ainda deu tempo para Caio Lucas se estrear a marcar no campeonato. As águias acabaram por vencer de forma justa e terminam 2019 no primeiro lugar da I Liga.

Momento

O terceiro golo do Benfica da autoria de Pizzi, ao minuto 63´. Fechou qualquer tentativa de recuperação do emblema famalicense.

Melhores

Carlos Vinícius 

Nem foi um dos seus melhores jogos. Foi menos exuberante do que o habitual, mas marcou o golo que desbloqueou a partida e chegou ao seu 10.º golo na I Liga.

Chiquinho

É um dos jogadores mais importantes da equipa de Bruno Lage. Fez duas assistências e esteve ainda em mais um golo dos encarnados. Foi o homem dos passes decisivos e a sua titularidade tem sido sinónimo de mais qualidade para a equipa do Benfica.

Pizzi

Bisou, chegou aos 11 golos na I Liga e é o melhor marcador do campeonato. Teve lances de génio, em que passou por vários adversários. É a grande referência do Benfica e tem uma importância cabal, como reconheceu Bruno Lage no final da partida. Vive o grande momento da carreira.

Rúben Lameiras e Fábio Martins

Enquanto tiveram gás, os extremos do Famalicão tentaram dar um ar da sua graça, sobretudo na primeira parte. Contudo, o Famalicão nunca conseguiu incomodar realmente Vlachodimos.

Reações

Bruno Lage e uma aposta que recusa fazer: "Ganhei um campeonato com sete pontos de atraso"

João Pedro Sousa: "Percebemos que dificilmente íamos dar a volta"

Fábio Martins: "O Benfica limitou-nos bem, mas tivemos as nossas oportunidades"

Pizzi: "Estamos num momento ótimo, a divertirmo-nos com a bola"

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.