O ano de 2020 deverá trazer uma Assembleia Geral destituitiva dos órgãos do Sporting. Pelo menos é essa a intenção do movimento 'Dar futuro ao Sporting' que anunciou no último domingo a solicitação de uma reunião com Rogério Alves, presidente da Mesa da Assembleia Geral para o dia 3 de janeiro do próximo ano.

"O principal objetivo passará pela entrega das assinaturas, para sua validação e respetiva documentação para marcação de uma Assembleia Geral Comum com o único ponto da ordem de trabalhos a destituição dos atuais órgãos sociais do Sporting Clube de Portugal", afirmaram.

O movimento dá conta ainda das dificuldades em verificar o número de assinaturas e votos, cuja finalização se tornou numa "tarefa impossível, dada a organização dos cadernos eleitorais disponibilizados no Site do Sporting (...) encontrando-se formatados num sistema arcaico, sem qualquer motor de busca".

O 'Dar futuro ao Sporting' afirma já ter um orçamento para a realização da reunião magna do clube, mas ainda assim irá pedir um orçamento a Rogério Alves para a partir daí iniciar a recolha de fundos.

É ainda anunciado o final da recolha de assinaturas pelo movimento, sendo que no próximo dia 8 de dezembro, dia em que o Sporting recebe o Moreirense para a I Liga, o movimento recolherá as últimas assinaturas e dará por finalizada a angariação.

Veja o comunicado na integra:

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.