Artur Jorge, chamado por António Salvador para orientar o Sporting de Braga até ao final da época, disse hoje que estará no comando técnico da equipa principal de futebol até o presidente entender.

Custódio Castro pediu a demissão do cargo na sequência da derrota de terça-feira com o Rio Ave, em Vila do Conde (4-3), e Artur Jorge, que era o treinador dos sub-23 dos minhotos depois de começar a época nos sub-19, foi a solução escolhida, como interino, até ao final da temporada.

Questionado sobre se poderá continuar como técnico da equipa principal na próxima época, Artur Jorge não descartou essa hipótese.

"Posso estar cá até o presidente entender, este é o meu compromisso. Estou extremamente satisfeito, não imaginam a minha alegria de estar aqui neste lugar, quero desfrutar do momento e não quero pensar no dia de amanhã. Quero ser mais um a contribuir e a ajudar o Sporting de Braga naquilo a que se propõe, independentemente do tempo" em que for técnico da equipa.

Confrontado com a situação de Abel Ferreira, que também começou por ser uma solução interina no Braga e foi, depois, aposta da SAD para técnico principal, e se admite poder repetir esse exemplo, Artur Jorge "constatou" apenas que "esse [caso] é um facto".

Solicitado a descrever-se como treinador, disse ser um técnico de "grande exigência" e que vê também essa função como fazendo "parte de ser uma extensão dos adeptos".

"Uma grande exigência, mas também apoio aos nossos jogadores, e a ambição que tem que fazer parte de nós próprios. Sou um treinador muito rigoroso na preparação e nos cuidados. Tenho a minha ideia bem clara, que já a passei aos jogadores dentro do tempo possível", disse.

Antigo jogador do Sporting de Braga, no qual passou a maior parte da carreira, e técnico de várias equipas do clube, Artur Jorge lembrou ter "mais de 30 anos de casa".

"Já passei por muito aqui, por muitas tarefas, esta é a mais alta, estou na elite do futebol nacional porque estou dentro de um clube que faz parte dessa elite. Posso não o mostrar, mas tenho um sorriso interno desde terça-feira e que ainda não saiu", confessou.

Sporting de Braga, quarto classificado, com 50 pontos, e Desportivo das Aves, 18.º e último, com 14, defrontam-se a partir das 21:30 de sábado, no Estádio Municipal de Braga, jogo que será arbitrado por Manuel Mota, da associação de Braga.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.