O diretor de relações internacionais do Sporting, Hugo Viana, foi suspenso por 30 dias, depois de ter sido expulso no final do encontro com o Moreirense (0-0), anunciou hoje a Comissão Disciplinar da Federação Portuguesa de Futebol.

No comunicado do Conselho de Disciplina podem ler-se as palavras que valeram a Hugo Viana a referida suspensão. "No final do jogo, no túnel de acesso aos balneários, num tom ameaçador, exaltado e de claro confronto, dirigiu-se ao árbitro proferindo as seguintes injúrias 'pensas que és a estrela, já te fod****, dois penáltis que não marcaste, amanhã já tens a medalha nos jornais'. O árbitro parou a olhar e o Sr. Hugo Viana continuou 'estás a olhar para quem, seu car***o? Não tenho nenhum problema em ser expulso'", refere o comunicado, citado pelo jornal 'O Jogo'.

No final do encontro da 30.ª jornada da I Liga de futebol, Hugo Viana foi expulso pelo árbitro Tiago Martins, já no acesso aos balneários, por protestar "num tom ameaçador, exaltado e de claro confronto".

O Sporting criticou a arbitragem pela não marcação de duas grandes penalidades e pelo facto de Abdu Conté, do Moreirense, não ter visto o segundo cartão amarelo, no encontro de segunda-feira.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.