O Benfica empatou esta noite por 2-2 frente ao Belenenses SAD no Estádio da Luz. Depois de uma primeira parte sem golos, os encarnados passaram para a frente do marcador com golos de Jonas e Samaris, mas em dois minutos os 'azuis' empataram a partida por Diogo Viana e Kikas.

Com este empate, o Benfica divide a liderança do campeonato nacional com o FC Porto, ambos com 60 pontos.

A partida arrancou com grande emoção para os adeptos encarnados, quando aos três minutos de jogo Samaris assistiu para Rafa que rematou para fora, mas com muito perigo para a baliza dos 'azuis'. Aos dez minutos de jogo já era possível ver que a equipa de Silas tinha muitas dificuldades em 'sobreviver' à pressão do Benfica, que com a liderança em risco dava tudo para sair na frente.

Aos 10 minutos, os encarnados reclamaram grande penalidade por mão de Zakarya na área dos 'azuis', mas o árbitro João Capela nada assinalou e mandou seguir o jogo.

Com o passar do tempo, o Belenenses SAD ganhava mais confiança, mas continuava a não ter 'força' para fazer frente à equipa de Bruno Lage que 'acampava' no meio campo adversário.

Aos 29 minutos de jogo, os homens de Silas 'assustavam' Vlachodimos. Licá assistiu para Lucca que rematou e forçou o guarda-redes encarnado a uma defesa apertada, no entanto, o lance seria invalidado por fora de jogo dos 'azuis'.

Aos 34 minutos de jogo, João Félix perdeu uma oportunidade flagrante de marcar o primeiro encontro do jogo. Na sequência de um livre lateral, André Almeida desviou, mas o jovem avançado de 19 anos falhou a receção e a bola acabou por sair.

A primeira parte do encontro despertou bastante a atenção dos amantes do desporto-rei. A equipa de Silas mostrava estar organizada e tentava a tudo o custo fazer 'a vida negra' ao Benfica, que rematava muito mas acertava pouco... ou nada. Em 45 minutos, os encarnados remataram oito vezes, 4 delas dentro da área, mas nenhuma de forma enquadrada.

A segunda parte começou como a primeira: muita pressão dos 'encarnados' e muita força defensiva dos 'azuis'. Mas, aos 10 minutos, Jonas fez levantar o Estádio da Luz. O brasileiro voltou aos golos e apontou o primeiro dos 'encarnados' com assistência de André Almeida.

Menos de dez minutos depois, aos 63, Samaris 'gelou' as bancadas com um tiro que deu o segundo à equipa de Bruno Lage. Na sequência de um canto, o médio grego rematou, a bola ainda bateu em Nuno Coelho, mas acabou por entrar.

No entanto, os 'azuis' não se deixaram ficar e em dois minutos empataram a partida. Diogo Viana fez o primeiro na sequência de um lance, em que Vlachodimos acreditou que a bola iria sair, e Kikas empatou logo a seguir, graças a um segundo erro defensivo dos encarnados.

Na restante meia hora de jogo o Benfica pressionou alto e forte com os olhos postos num triunfo que não apareceu. Sempre no meio campo adversário, os homens de Lage 'deixaram a pele' em campo para apontar um terceiro golo que proporcionaria uma liderança mais consistente, mas tal não chegou a acontecer.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.