O Benfica venceu, este domingo, em Braga por 4-0, em jogo de encerramento da quarta jornada do campeonato português. Um 'bis' de Pizzi e dois auto-golos (Bruno Viana e Ricardo Esgaio) ditaram a vitória tranquila dos encarnados, que passam a somar os mesmos pontos (9) que o FC Porto, que hoje venceu o Vitória de Guimarães.

Quanto ao onze do Benfica, duas novidades face à derrota (2-0) com o FC Porto da jornada passada. Taarabt jogou no meio-campo, no lugar de Samaris, e André Almeida recuperou o lugar no corredor direito da defesa.

Já Ricardo Sá Pinto fez três alterações comparativamente ao triunfo em Moscovo, que qualificou a equipa minhota para a fase de grupos da Liga Europa. Lucas jogou no centro da defesa, Galeno e Hassan foram as restantes novidades.

Aos 23 minutos, Nuno Almeida exibiu o cartão amarelo a Hassan, que fez falta sobre Florentino na área e apontou para a marca dos 11 metros. Pizzi atirou com tranquilidade para o lado contrário ao de Matheus, inaugurando o marcador.

Uma entrada fulgurante dos encarnados no segundo tempo, com Pizzi a aparecer no sítio certo após cruzamento de André Almeida, só teve de encostar para o fundo das redes, bisando assim em Braga.

Logo depois, aos 51 minutos, Bruno Viana teve um lance infeliz e fez um auto-golo. Seferovic cruzou para Raúl de Tomás, Bruno Viana tentou o corte, mas acabou por enganar Matheus e marcar na própria baliza.

Porém, este não havia de ser o último golo marcado na própria baliza por parte da formação comandada por Ricardo Sá Pinto. Aos 73 minutos, num cruzamento de Jota para Seferovic finalizar, Esgaio tentou intercetar mas acabou por desviar para dentro da própria baliza, numa noite de azar para a equipa minhota.

A vitória permite ao Benfica ascender ao terceiro posto com nove pontos, os mesmos que o FC Porto, segundo, e a um do comandante Famalicão, enquanto a equipa de Braga é apenas 13.ª com quatro pontos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.