Esta terça-feira, o Team Manager dos 'leões' falou à Sporting TV sobre o jogo da noite passada frente ao Marítimo, que terminou sem golos. Os 'verdes e brancos' desperdiçaram assim uma hipótese de aproximação ao Sporting de Braga, que perdeu com o Belenenses.

O Sporting criticou o antijogo por parte da equipa do Marítimo, e, no final do encontro Bruno Fernandes apontou mesmo o dedo ao guarda-redes dos insulares que, segundo este, "esteve sempre a perder tempo". Beto falou da mesma matéria.

"Com o aproximar do final do campeonato, cada ponto vale ouro e tempos receio que o tempo efetivo de jogo diminua mais. Por isso, é importante pormos a mão na consciência. Temos de estar em alerta para não voltar a acontecer", referiu Beto sobre o alegado antijogo dos insulares.

"Temos de ter a consciência que podemos trabalhar muito mais em prol do futebol. Já foi várias vezes referido que o tempo de jogo é cada vez menos. 56 minutos, menos de dois terços de jogo... É uma perda de tempo de jogo ridícula. Só prejudica o espetáculo. O que devemos fazer é trabalhar e melhorar a imagem do futebol português. Só queremos a verdade desportiva. Não queremos o Sporting prejudicado nem beneficiado", acrescentou o Team Manager dos 'leões'.

Questionado sobre a prestação da equipa esta temporada, Beto lembrou que o Sporting ainda tem muitos jogos pela frente. "Tem sido um ano atípico. Há quem ache que é o ano zero, mas já conquistámos um título. Ainda há um campeonato para jogar. Não é fácil mas não vamos baixar os braços. Temos os adeptos ao nosso lado que são os melhores do mundo. Podem esperar a nossa entrega máxima. Esta instituição merece o máximo de toda a gente."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.