As declarações sobre o desempenho de equipas de arbitragem tem sido muita ao longo dos últimos dias em Portuagl e o Sporting de Braga é o mais recente clube a entrar na discussão.

O clube minhoto emitiu esta terça-feira um comunicado no seu site oficial intitulado "a verdade para lá do ruído" onde se afirma como vitima de uma "tentativa de criar na perceção pública uma imagem de favorecimento à equipa", frisando que esta "é apontada pela própria Comunicação Social como sendo a mais prejudicada ao longo do campeonato".

Para se assumir como tal, o conjunto bracarense cita os dados apresentados pelo jornal Record e pelo programa Tempo Extra, da SIC Notícias, frisando que as mesmas apontam "o Sporting CP como a equipa mais beneficiada".

De acordo com os bracaresens, "é inconcebível que o discurso de vitimização prevaleça perante todas as evidências e se prolongue no tempo", afirmando que "o estatuto do Sporting CP enquanto clube mais favorecido pelas arbitragens vem de épocas anteriores e contrasta claramente com a propaganda do clube".

No comunicado, o Braga fala de uma estratégia de 'ruído' na qual os dirigente e comentadores do Sporting "se especializaram ao longo dos anos".

Segundo o Braga, contudo, "o ruído mais não é do que um manto sonoro que pretende encobrir os factos e camuflar as evidências". Essas evidências, termina o comunicado, mostram que "o SC Braga é a equipa mais prejudicada pelas arbitragens e que, portanto, a classificação atual está desvirtuada".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.