O jornal Record escreve esta terça-feira na edição online que Bruno de Carvalho solicitou, esta terça-feira, uma audiência junto da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Segundo o desportivo, o ex-presidente do Sporting considera que os seus direitos enquanto cidadão estão a ser colocados em causa, em grande parte devido à invasão à Academia de Alcochete, em maio, e de algumas notícias veiculadas desde então.

A mesma publicação acrescenta que Bruno de Carvalho alegou ter sido injustamente 'ligado' as estas agressões, pelo que vai recorrer à PGR, e a todas as entidades competentes sobre estas matérias, para explanar as suas preocupações, queixas e factos que possam ser do seu conhecimento.

O ex-líder do clube de Alvalade, que recentemente apresentou a sua candidatura às eleições de 8 de setembro, quer que se esclareça esta situação para que se apurem os culpados da invasão e consiga parar com a campanha de calúnia e difamação que no seu entender está a ser alvo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.