O Benfica recebe esta segunda-feira o Moreirense em jogo a contar para a 23ª jornada do campeonato nacional. O treinador do Benfica fez a antevisão ao encontro este domingo.

O adversário

"A carreira do Ricardo tem sido feita nesse sentido, conheço-o muito bem. Espero um adversário muito competente quer a defender quer a atacar. Temos de ser competentes e repetir o que fizemos no último jogo, nos primeiros 60 a 70 minutos. A nossa motivação é olhar para as competições nacionais e fazer de todos os jogos uma final."

Pressão

"A pressão que coloco em mim é sempre máxima. O treinador do Moreirense não vem jogar para defender... é a mesma coisa que nós. Aqui a pressão e ambição de vencer é sempre máxima, quer para jogar quer para ganhar."

Ferro

"Está disponível."

 Críticas à defesa

"A nossa crítica ou análise é constante. Os problemas estão identificados há muito tempo e há muito que trabalhamos para os corrigir. O importante é sentirmos que trabalhamos diariamente para a equipa ser competente. Temos que melhorar a nossa transição e equilíbrios defensivos e nas disputas individuais."

Voto de confiança

"Voto de confiança a quem? Eu falo com o presidente pessoalmente. Se eu não acreditasse acha que estava aqui? O presidente falou comigo em particular, quer que diga o que dissemos? Falamos todos os dias. Quer que uma conversa pessoal seja transmitida cá para fora? Vocês é que estão a encarar isso como voto de confiança. Acredito é piamente que temos condições mais que suficientes para continuar a ganhar. Já tinha saudades do seu colega que fazia perguntas sobre futebol. Não foi despedido, pois não?"

Seferovic

"O Sefe está fora do jogo. Em relação ao Dyego e ao Carlos Vinícius, estão em pé de igualdade [na luta pela titularidade]. O Vinícius estava em risco em várias situações no jogo da Liga Europa. É um jogador muito potente e que não estava habituado a trabalhar de determinada forma. É um jogador que demora muito tempo a recuperar dos jogos. Como tal, quando os tempos de recuperação são curtos, temos de ter algum cuidado com ele. Já o perdemos em determinada altura da época com uma lesão. A jogar como nós jogamos, ainda por cima num mês em que a exigência foi máxima, tivemos de gerir."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.