A vitória frente ao Benfica no passado sábado, no clássico disputado no Dragão, reacendeu as esperanças do FC Porto no título na Primeira Liga. A equipa de Sérgio Conceição está a quatro pontos da liderança dos 'encarnados', pelo que até ao final da época, estão obrigados a não ceder mais pontos e esperar por dois deslizes dos atuais campeões nacionais.

Numa Liga onde os 'grandes' vão impondo as suas leias, é difícil dizer quais são os jogos difíceis e fáceis, se é que existem jogos fáceis. Muitas vezes as equipas do topo perdem pontos onde menos se espera, como já aconteceu esta época com o FC Porto, com a derrota no terreno do Gil Vicente e os empates em casa do Marítimo e Belenenses SAD.

Dragão tem sido uma 'fortaleza'

A equipa do FC Porto tinha no Dragão a sua fortaleza, até ser batida pelo SC Braga, naquele que é o único jogo onde não ganhou em casa. Até ao final da I Liga, o jogo com o Sporting, da 32.ª jornada, será, historicamente, o mais complicado. Antes, a equipa de Sérgio Conceição irá receber Portimonense, Rio Ave, Marítimo, Boavista, Belenenses SAD e Moreirense, último adversário caseiro na Liga.

Esta época, apenas por três vezes o FC Porto não venceu em casa em jogos oficiais. O primeiro deslize aconteceu logo no dia 13 de agosto, com a derrota frente ao Krasnodar por 3-2. Uma derrota com forte impacto na época do FC Porto já que impediu os 'dragões' de ter acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões, a 'galinha dos ovos de ouro' do clube. A eliminação significou um 'rombo' de, no mínimo, 50 milhões de euros nos cofres da SAD azul-e-branca.

A 24 de outubro, novo jogo que não terminou com a vitória do FC Porto. Os azuis-e-brancos empataram 1-1 com o Rangers da Escócia, em jogo do Grupo D da Liga Europa. O último jogo onde o FC Porto não ganhou em casa aconteceu a 17 de janeiro, em casa com o SC Braga (1-2), a única em casa para a Primeira Liga. Uma derrota dolorosa para os pupilos de Sérgio Conceição, num jogo onde falharam duas grandes penalidades e viram os minhotos serem muito eficazes na frente.

Os perigos longe do Dragão

É fora de casa que o FC Porto tem sentido mais dificuldades na I Liga. Apesar de já ter ganho nos terrenos do Benfica e do Sporting, os principais candidatos ao título, os 'dragões' perderam pontos em casa do Gil Vicente (derrota), Marítimo (empate) e Belenenses SAD (empate).

As deslocações difíceis começam já este sábado, com o jogo frente ao Vitória Sport Clube, no D. Afonso Henriques, um campo tradicionalmente complicado as os 'grandes' do futebol português. Será muito difícil contrariar o bom futebol da equipa de Ivo Vieira mas os pupilos de Sérgio Conceição não se podem dar ao luxo de perder mais pontos, caso ainda sonhem com o título.

Até ao final, o FC Porto vai ter uma deslocação aos Açores para medir forças com o Santa Clara. Jogará também no terreno do vizinho Famalicão, uma equipa muito forte em casa e que está a fazer um excelente campeonato. Os jogos nos campos do Desportivo das Aves, Paços de Ferreira e Tondela, equipas que lutam pela manutenção, também prometem ser complicados.

Os 'dragões' fecham a Primeira Liga na Pedreira, frente ao SC Braga, única equipa a vencer o FC Porto duas vezes esta época: 2-1 no Dragão para a I Liga e 1-0 nem casa dos minhotos na final da Taça da Liga.

Pelo meio, o FC Porto tem de contar com a Liga Europa, uma prova que poderá desgastar a equipa de Sérgio Conceição. Os 'dragões' vão defrontar os alemães do Bayer Leverkusen, nos 16 avos de final da prova. O primeiro jogo é já na próxima semana, dia 20, no BayArena. Se passar esta eliminatória, o FC Porto já sabe que terá de fazer mais dois jogos na Liga Europa, no mínimo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.