O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol anunciou esta terça-feira a suspensão de Fábio Coentrão por dois jogos. Em causa estão as declarações do jogador depois do encontro do Rio Ave frente ao Benfica.

No final da partida a contar para a 33º jornada da temporada 2018/2019, Fábio Coentrão deixou várias criticas à arbitragem do encontro.

"Vocês viram. Voltámos a fazer um bom jogo, perante uma boa equipa. Estamos no fim, olho para trás e é complicado jogar nestes clubes, onde estou com muito orgulho. É mais complicado ganhar jogos. Viu-se no lance do 2-0, onde há uma falta evidente. Por que é que os árbitros não têm coragem de fazer às equipas pequenas o que fazem às grandes? Se é falta, há que marcar falta. Assim ainda mais complicado se torna. O nosso futebol está assim, infelizmente. Demonstrámos que lutamos contra quem for. Só tenho pena de hoje não ter tirado pontos ao Benfica", começou por dizer.

Assobiado pelos adeptos encarnados, Coentrão atira: "O Benfica que siga a vida dele, que eu sigo a minha"
Assobiado pelos adeptos encarnados, Coentrão atira: "O Benfica que siga a vida dele, que eu sigo a minha"
Ver artigo

Fábio Coentrão acrescentou ainda que "contra uma equipa como a do Benfica, ao minuto 44' sofrer o 2-0 da maneira que foi, ainda custa mais. As coisas complicam-se, mas o nosso futebol está assim, infelizmente. Isto tem de levar uma reflexão muito grande. É muito complicado."

"Sempre dei tudo, trabalhei bem naquela casa, dei dinheiro ao Benfica. O Benfica ajudou-me. O futebol é isto, infelizmente. O Benfica que siga a vida dele, que eu sigo a minha. Não quero falar", concluiu.

À suspensão de dois jogos junta-se ainda uma multa no valor de 1910 euros. Recorde-se que Fábio Coentrão está sem clube desde o final da temporada, quando terminou contrato com o Rio Ave.

Confira a flash-interview de Coentrão:

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.