O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, referiu esta sexta-feira na conferência de imprensa de antevisão ao clássico frente ao Sporting que a sua equipa não está "excitada" com a vantagem pontual sobre o segundo classificado uma vez que o FC Porto está habituado a estar no primeiro lugar.

Vantagem pontual: "Imaginamos e trabalhamos diariamente para conseguir ganhar o próximo jogo. Não vivemos muito do futuro a médio prazo, mas o imediato. Depois do Sporting, há o Leixões para a Taça, e assim sucessivamente. Não olhamos para como poderá estar dentro de três ou quatro semanas porque as equipas passam por ciclos diferentes. Depois deste jogo ainda há cerca de 51 pontos em disputa, se não me engano, muitos para conseguir conquistar. Muito jogos para disputar por isso não ficamos muito excitados com esta vantagem. Não há um sentimento de vaidade. Acho que é normal uma equipa como o FC Porto tem de estar em primeiro lugar. O FC Porto está habituado a estar no primeiro lugar nas provas internas. Se o rival [Sporting] perder fica a 11 pontos, não será por isso que vão sentir mais pressão, ou que vão jogar melhor ou pior, mas esses são os números. Da nossa parte é importante aumentar a vantagem para um rival direto. Ontem [quinta-feira] o Braga perdeu dois pontos em Portimão, ou ganhou um, depende da perspetiva. Agora temos que estar preocupados com o nosso jogo. O nosso foco está naquilo que é o nosso trabalho. No fim, façam-se as contas que se têm de fazer. Eu estive atento à antevisão do Portimonense-Braga e ouvi o que o Abel disse, parece que já há alguém a querer designar o campeão. Mas da minha parte não ouviu isso, de certeza."

Horário do jogo: "Tenho de dar os parabéns a quem estabeleceu este horário, acho que faz bem ao futebol, porque haverá muita gente que vai levar filhos e famílias ao estádio, em duas ou três horas os bilhetes esgotaram. Este horário beneficia o espetáculo. Contra o Rio Ave neste horário também esteve cheio, se calhar jogos contra equipas teoricamente mais fortes não tiveram tanta gente. Em relação às rotinas não nos queixamos, prefiro ter o estádio cheio, é extremamente motivante. Muitas das vezes o futebol tem de promover jogos nestes horários."

Diferenças entre Sporting de Peseiro e de Keizer: "Tenho um enorme respeito pelo trabalho de José Peseiro, mas o ambiente não era fácil. Com o novo presidente e novo treinador, o Sporting ganhou mais tranquilidade. Há dinâmicas diferentes, mas coisas que não fáceis de observar e descortinar. Acho que o trajeto de Keizer está a ser positivo, até porque o campeonato português não é fácil. É sempre bom ter treinadores como o senhor Keizer que vêm para aqui e trazem coisas diferentes. Mas estamos cada vez melhores, nós treinadores portugueses. O treinador português é criativo, inteligente e taticamente forte."

Bruno Fernandes: "É um jogador importante dentro da dinâmica do Sporting, sem dúvida. É um jogador com qualidade. É um jogador a ter em atenção, pelos seus movimentos e ocupação dos espaços. É muito inteligente."

Jogar em Alvalade tem sido difícil para o FC Porto: "Penso que o Sporting tem feito grandes jogos contra o FC Porto em sua casa. Acho que é desde maio de 2017 que o Sporting não perde em casa, na altura foi contra o Belenenses. Também já li coisas sobre mim, sobre o meu registo contra o Sporting, que ainda não consegui ganhar em Alvalade... Leio e estou atento, claro, mas são estatísticas que a mim dizem muito pouco".

Confira a conferência de Sérgio Conceição.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.