Pepe dominou parte da conferência de imprensa de Sérgio Conceição, de antevisão do jogo com o FC Porto. O central foi anunciado como reforço dos 'dragões' na segunda-feira pelo que pode ir a jogo em Alvalade frente ao Sporting, em jogo da 17.ª jornada da I Liga. Conceição não lhe garante um lugar nos eleitos mas elogia a forma como o central de 35 anos abordou este seu regresso ao FC Porto.

Sensações para o 'clássico': "São sensações que tenho vivido ao longo da minha carreira. Será um jogo perante um rival que luta pelos mesmos objetivos que nós. Vamos fazer o nosso trabalho e tentar ficar com os três pontos, importantes na nossa caminhada."

Quem tem mais responsabilidade de ganhar? "A responsabilidade do FC Porto é sempre ganhar, de tentar ficar com os três pontos, tal como penso que é o objetivo do Sporting. Não há nenhum sentimento diferente. Essa diferença na tabela entre as duas equipas, se calhar as pessoas olham para isto, mas quando o árbitro apita, deixa de haver diferença. O jogo terá a sua história e esperamos que nos seja favorável. Mas esperamos um adversário difícil. A responsabilidade de ganhar é a mesma que tínhamos no nosso último jogo."

Como está o Pepe? "O Pepe está bem, com uma enorme vontade de ajudar. Já conhecia a sua motivação, é um jogador competitivo, trabalhador, muito sério, uma excelente pessoa. Futebolisticamente toda a gente o conhece. É muito agradável trabalhar com um jogador com este currículo a nível profissional. Ele está bem em termos burocráticos, todos estão disponíveis, excepto o Otávio e o Aboubakar. Mas cabe a mim fazer a convocatória. Mas o Pepe está disponível."

Pepe titular? "Não insistam que ainda fazem de mim um mal-educado. Por norma, nunca divulgo as minhas equipas ou convocatórias, salvo raras exceções, de um ou outro caso que tive de frisar. Não é habitual eu divulgar nomes. O que disse é que, na nossa equipa, e como o poderio financeiro não nos permite ir buscar um jogador que entre de caras no onze, mas sim soluções alternativas. Mas isso não quer dizer que não possam ser titulares na equipa. Aconteceu com o Militão que chegou e depois de um período de adaptação e trabalho diário, entrou na equipa."

Elogios a Pepe: "O Pepe é diferente, pelo lado emocional. Tem uma relação próxima com as pessoas do FC Porto, é do clube, em termos familiares era importante para o Pepe vir para o FC Porto mas ele não vem para acabar a carreira. O que ele me disse foi: 'Mister, quero competir'. É fantástico, com 35 anos, com tantos títulos, jogador de seleção e chegar e dizer, 'quero competir'. Se jogar ou não, não será problema para ele por agora".

O Sporting - FC Porto, da 17.ª jornada, está marcado para às 15h30 deste sábado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.