A derrota do Benfica em casa ante o FC Porto e a vitória do Sporting no Restelo veio mexer com o topo da tabela classificativa e também com as contas até ao final. Os 'dragões' reassumiram a liderança da Liga, perdida na 28.ª jornada, depois de serem derrotados no Restelo com o Belenenses por 2-0.

Com a vitória na Luz, a equipa de Sérgio Conceição passou para a frente da prova, com 76 pontos, mais dois que o Benfica que caiu para o segundo posto, e mais cinco que o Sporting. Quando faltam quatro jornadas para o final da prova, os 'dragões' até podem empatar um dos três jogos que têm pela frente e mesmo assim serem campeões, mesmo que o Benfica, segundo colocado, vença todos os encontros. Isto porque, em caso de igualdade pontual entre 'águias' e 'dragões', os nortenhos ganham no confronto direto: empataram em casa com o Benfica, mas venceram na Luz.

Até ao final da prova, o FC Porto tem dois jogos em casa e dois fora. Os encontros no 'dragão' são de dificuldade menor, mas complicados, uma vez que a equipa de Sérgio Conceição vai receber duas formações que lutam pela permanência: o Vitória de Setúbal, na 31.ª jornada e o Feirense, na 33.ª ronda.  Na época passada, Vitória de Setúbal e Feirense empataram no Dragão. Além disso, a equipa de Sérgio duas deslocações difíceis: defronta o Marítimo (empatou nos Barreiros na época passada) na Madeira na 32.ª ronda e fecha o campeonato no D. Afonso Henriques, frente ao Vitória de Guimarães (venceu na temporada passada). Se vencer os três jogos anteriores, até se pode dar ao luxo de empatar este último, caso o Benfica vença todos os quatro jogos que tem pela frente.

Mas esta Liga pode reservar-nos algumas surpresas. Ninguém esperava que o FC Porto tivesse duas derrotas seguidas em duas deslocações (Paços Ferreira e Belenenses) mas a verdade é que aconteceu, tendo os 'dragões' passado de uma vantagem de cinco pontos para cair para o segundo posto, após a 29.ª jornada.

O Benfica sabe disso, pelo que vai ter de vencer todos os seus jogos e esperar por mais uma escorregadela do FC Porto. Os 'encarnados' têm um calendário complicado até final, já que vão receber o Tondela (32.ª jornada) e Moreirense (34.ª jornada), duas equipas que lutam pela permanência.

Mas é fora que Rui Vitória terá os jogos mais complicados, principalmente em Alvalade, onde irá medir forças com o Sporting na 33.ª ronda. Este jogo pode ser decisivo para as duas formações já que pode decidir as suas posições definitivas na Primeira Liga. Se os três da frente chegarem até este jogo como estão atualmente, uma vitória do Sporting colocará a equipa de Jorge Jesus no segundo lugar, em igualdade pontual com o Benfica, mas em vantagem no confronto direto. Um empate a zeros adia tudo para a última ronda já que o Sporting poderá alcançar o segundo posto, se vencer o seu derradeiro jogo e o Benfica perder (vantagem do Sporting no confronto direto por ter marcado na Luz)

Se se registar um empate com dois golos ou mais no dérbi lisboeta, o Benfica garantirá, automaticamente, o segundo lugar, já que, em igualdade pontual com os 'leões', a vantagem será 'encarnada' no confronto direto. Atenção que estas contas só fazem sentido que ambas chegarem ao dérbi com a mesma diferença pontual atual (Benfica com ais três pontos que Sporting).

O dérbi lisboeta também pode dar o título ao FC Porto. Os 'dragões' têm cinco pontos de vantagem sobre o Sporting e dois sobre o Benfica, pelo que um empate entre 'águias' e 'leões' na 33.ª jornada e uma vitória dos 'dragões' na receção ao Feirense pode bastar para os homens de Conceição fazerem a festa do título.

Mas até lá muita coisa pode acontecer. O FC Porto depende si para ser campeão, o Benfica espreita uma escorregadela para voltar à liderança. Já o Sporting tem a mira no segundo lugar mas ainda sonha com o primeiro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.