O avançado Ricardo Rodrigues rescindiu, por mútuo acordo, o contrato que tinha com o Desportivo das Aves até ao final da próxima temporada, anunciou hoje o último classificado da I Liga de futebol.

"Ricardo Rodrigues e o CD Aves chegaram a acordo para a rescisão do acordo que ligava as partes. Ao jogador agradecemos todo o empenho e dedicação na defesa do nosso símbolo e desejamos as maiores felicidades profissionais e pessoais", pode ler-se no comunicado publicado pelos nortenhos na página oficial.

Com formação repartida entre o Nun´ Álvares e o Desportivo das Aves, onde chegou em 2013, o dianteiro foi cedido a AD Oliveirense, Brito, Canelas 2010 e Mafra, antes de se estrear pela formação principal do emblema do concelho de Santo Tirso na última época, contabilizando dois golos em 15 aparições.

Pelo caminho, Ricardo Rodrigues, de 24 anos, conquistou a primeira edição da Liga e da Taça Revelação ao serviço da formação sub-23 avense, um ano após ter arrecadado o Campeonato de Portugal, terceiro escalão do futebol português, com o Mafra.

O avançado é a terceira saída confirmada pelo Desportivo das Aves na reabertura de mercado, além dos extremos Mahmoud Kahraba e Erik Nascimento, que regressaram aos respetivos países para representar os egípcios do Al-Ahly e o Clube de Regatas Brasil.

Os nortenhos ocupam a última posição da I Liga, com apenas seis pontos, correspondentes a duas vitórias e 14 derrotas, e estão a nove pontos da ‘linha de água', detendo o estatuto de pior defesa do campeonato, com 33 golos encaixados.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.